Ir para conteúdo

Bichectomia: devo fazer?

A mudança nos padrões de beleza, com valorização de rostos finos, fez com que a bichectomia se tornasse muito popular entre as celebridades e uma verdadeira febre nas clinicas de cirurgia plástica e de odontologia. Este procedimento cirúrgico surgiu como forma de melhorar o trauma de mordida nas bochechas daquelas pessoas que possuíam um corredor bucal muito estreito. Como ganho secundário observou-se que os rostos ficavam mais finos, realçando a maxila e a mandíbula.

bichectomia-cirurgia-dr-paulo-coelho-7
Na bichectomia, após anestesia, é realizada uma pequena incisão, de aproximadamente um centímetro, na parte interna das bochechas, por dentro da boca. Através dessa incisão, remove-se total ou parcialmente um acumulo de tecido adiposo das bochechas, chamado de Bola de Bichat. O tamanho e a quantidade desse tecido varia em cada pessoa e mesmo entre os lados direito e esquerdo de uma mesma pessoa. Casos em que essa diferença no tamanho das bolas de Bichat é significativo, sua remoção pode gerar assimetria facial. No pós-operatório é indicado a compressa com gelo nas primeira 24 horas e tomar a medicação prescrita. O processo de recuperação é praticamente indolor e o inchaço é mínimo. Em 3 a 7 dias o paciente já está bem e é possível ver um resultado bastante satisfatório, mas o resultado final só é percebido em 4-6 meses, que é o período suficiente para haver a estabilização de todos os tecidos.

bichectomia-cirurgia-de-reducao-das-bochechas-alterac3a7c3a3o-do-formato-do-rosto

Por se tratar de um procedimento cirúrgico em região nobre, próxima a nervos, vasos sanguíneos e glândulas, é importante que os pacientes procurem profissionais qualificados e locais com estrutura adequada para a realização de cirurgias. A lesão de um nervo sensitivo pode causar paralisia facial, assim como o corte de vasos mais calibrosos pode ocasionar hemorragia. Vale ressaltar que os resultados são irreversíveis.

Outro ponto a se considerar é que, com o passar do tempo, o volume do rosto tende a cair, em razão da flacidez da face. Com a retirada das bolas de Bichat, o risco de a pele ficar flácida aumenta ainda mais. Quando o paciente opta pela realização de qualquer procedimento cirúrgico e irreversível, deve ter em mente todos os riscos e benefícios para não se frustrar ou arrepender posteriormente.

 

💋 da Raquel

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish fr_CAFrançais du Canada es_ESEspañol pt_BRPortuguês do Brasil
%d blogueiros gostam disto: