Ir para conteúdo

Heróis

Em alguma época da vida, toda criança já sonhou em ter super poderes para poder salvar o mundo, combater os monstros que viviam debaixo da cama e mais tantas outras façanhas que apenas os heróis podem fazer. Mas, infelizmente, ou quem sabe, felizmente, não nascemos com o poder de ler mentes como Charles Xavier nem voar como o Super-Homem, muito menos com a força de Hércules. Somos apenas humanos! Sem nenhuma habilidade extraordinária ou arma poderosa. Somente seres humanos.

Mas, apesar da aparente normalidade, não deixamos de ser heróis ou heroínas. Assim, como eles, também temos que passar por provações e desafios. Para superar cada “problema” ou teste é necessário sair da zona de conforto.  E nessa empreitada rumo a vitória, encarando nossos vilões e monstros, não contamos com “super poderes” nem com armas poderosas. O que temos são nossas virtudes e nossa força de vontade que são tão poderosas quanto qualquer super poder ou espada mágica. Com elas somos capazes de vencer o mais feroz dos monstros e mover a maior das montanhas.

Da mesma forma que o semideus do Olimpo e o homem morcego de Gotham City se transformaram ao final de suas provações, nós também nos transformamos. Vivemos uma constante “batalha” que nos converte a cada vitoria ou derrota, que nos ensina e nos faz amadurecer. Tal como Hércules que aprendeu que ao usar apenas a força não conseguiria vencer a Hidra, aprendemos que para resolver nossos problemas é necessário ter paciência e calma. A Hidra é como nossos problemas e suas centenas de cabeças são nossos impasses mal resolvidos. E problemas mal resolvidos só geram mais problemas ou mais cabeças para cortar. A maturidade e o tempo nos ensina a solucionar esses contratempos.

E ao final de cada duelo ou jornada há uma recompensa. E para nós, reles mortais, o premio é o crescimento pessoal. Cada batalha nos ensina alguma lição que nos engrandece. Voltamos ao nosso mundo comum com tudo que aprendemos. Afinal, fomos ao inferno de Hades e voltamos. Vencemos seus monstros e tentações.

E meu amigo, se somos capazes de vencer as tentações dos deuses, imagine o que podemos fazer com nossos próprios problemas?

Por isso, vista sua capa mágica, pegue seu laço mágico ou qualquer outro apetrecho super poderoso. Tem espaço para todos os tipos de heróis, desde aqueles que tem o poder de ser o ombro amigo até aqueles que salvam vidas. No final das contas somos todos nossos próprios heróis. Só não percebemos ainda! Saia da sua zona de conforto e enfrente seus medos. Como Joseph Campbell diria: “a caverna que você tem medo de entrar possui o tesouro que você busca.”

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish fr_CAFrançais du Canada es_ESEspañol pt_BRPortuguês do Brasil
%d blogueiros gostam disto: