Ir para conteúdo

Atividades Outdoor: Stand-Up Paddle (SUP)

Olá pessoal, no post anterior eu falei sobre atividade física ao ar livre. Neste, vou falar de um esporte de contato direto com a natureza e que pratico há muito tempo no Lago Paranoá, em Brasília-DF, chamado Stand-Up Paddle, mais conhecido como Sup, e que, também, tive oportunidade de praticar no mar em algumas praias do Brasil. Vou contar um pouquinho da história desse esporte e os benefícios que ele traz.

Historia Sup
O Stand-Up Paddle tem sua origem nas Ilhas Havaianas. No começo da década de 1960, os Beach Boys de Waikiki deram origem ao termo “Beach Boy Surf” quando estavam em suas pranchas compridas remando com remos de canoa, com o objetivo de tirarem fotos para os turistas que aprendiam a surfar. No início dos anos 2000, surfistas havaianos começaram a praticar o SUP como uma forma alternativa de treino, quando o mar não estava em condições para a prática do surf.

Com essa prática alternativa de treino adaptado, os sufistas disseminaram o esporte para outros países, dentre os quais o Brasil, onde vem crescendo constantemente, sendo muito praticado por todos em lagos e rios, tanto como um esporte quanto uma atividade lúdica para aqueles que desejam praticar.

image4

O SUP pode ser praticado por mulheres, homens e crianças, na faixa etária entre 4 a 64 anos ou mais e sem qualquer preparação física. No primeiro dia de prática, a pessoa já rema, fica de pé e curte. Essa modalidade de esporte permite que qualquer pessoa curta o primeiro dia de prática e, passe, a partir daí, a evoluir. E para aqueles quem odeiam uma esteira de academia, o SUP é amor à primeira vista. Você pode remar com amigos, parentes e sozinho. É um esporte aeróbico e completo.

As pessoas não fazem idéia de como existem lugares fascinantes bem perto da gente. Com a prática do SUP, para todo lugar que você olhar, vai imaginar se é possível praticar o esporte. O SUP tem uma altíssima queima calórica por trabalhar em cima de uma superfície móvel (a água) e exige do praticante um trabalho de equilíbrio constante. O praticante, iniciante ou experiente, tem que manter as pernas e o abdômen contraídos para manter o equilíbrio. Não é difícil ficar de pé, mas exige o trabalho de todo o corpo: pés, pernas, abdômen e braços.

sup

O SUP, dentre os inúmeros benefícios trazidos pela sua prática, é recomendado, também, para recuperação e reforço de tornozelos, joelhos porque não existe impacto, contudo, a musculatura do tornozelo e dos joelhos é exigida, permanentemente, pois se trabalha em uma superfície móvel.

Convido a todos que tenham interesse em conhecer um pouco mais e praticar o SUP para estarem comigo num final de semana no Lago Paranoá, para desfrutarmos das maravilhas da natureza e do prazer que a prática do SUP proporciona.

IMG_0805

Professor Diego Silva (CREF 4726)

Personal Trainer

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish fr_CAFrançais du Canada es_ESEspañol pt_BRPortuguês do Brasil
%d blogueiros gostam disto: