Ir para conteúdo

Primeiro Capítulo

Deixe-me apresentar-me primeiro, para depois entrarmos nas dicas e receitas. Eu me chamo Lurdinete Moulaz, tenho 51 anos bem vividos, graças à Deus! Fui servidora publica federal durante 34 anos. Sou casada, tenho três filhas (Talita, Ana e Tereza), um genro (Alexandre) e um neto, o pequeno Théo (as vezes Theofilos).

Durante o período de escola, na minha adolescência, fui atleta de basquetebol mas, com o passar dos anos, isso ficou para atrás. Antes, eu cozinhava porque tinha filhas pequenas e não queria dar comida congelada e pronta de supermercado para elas. Questão de escolha minha. Como tudo na vida, acredito que somos as escolhas que fazemos, sejam elas certas ou erradas.

16716283_10206220198744500_3293420949155814645_o
Com o passar dos anos, acabei me descuidando um pouco da saúde porque não me alimentava corretamente e não estava praticando exercícios. A bem da verdade, eu cheguei num estagio que comia de tudo e muito. Passava mal, tomava um sal de frutas e recomeçava a comer novamente. Com o tempo, foi ficando cada vez mais difícil emagrecer, pois já não tinha mais 20 anos, o metabolismo já não era mais o mesmo, ficou muito lento e acabei chegando aos 108 quilos com 1,77 de altura.

Sentia, sempre, muito sono, dores nas pernas, cansaço físico e estava insatisfeita comigo mesma mas não sabia como reagir. Até que um dia, o Dr. Raimundo, médico, analisando meus exames periódicos disse que eu estava pré-diabética, que eu deveria tomar uma atitude e colocar na cabeça que atividade física era remédio para mim e que deveria ser feita todos os dias. Foi aí que me deu um estalo: “como assim, pré-diabetica? Eu preciso mudar isso e preciso começar já, porque não tenho mais tanto tempo assim.” Eu já estava chegando aos 50 e tinha que decidir como seria minha velhice – saudável ou não?!

15107434_10205698545223488_5884681333321768057_nAssim, escolhi ter uma vida saudável com prática de exercícios e comendo comida saudável e correta. Comuniquei em casa que a atividade física para mim seria remédio e teria quer ser feita todos os dias. Comecei com caminhadas diárias de 30 minutos. Confesso que no inicio foi muito trabalhoso porque eu sentia muitas dores nas pernas, queria mesmo era ficar dormindo, sério pessoal, eu me empurrava da cama (risos) eu dizia para mim mesma: levanta sua ordinária, deixe de preguiça, você está enorme, se não se cuidar isso só vai piorar….” e por aí foi! Aliada a caminhada comecei a fazer reeducação alimentar, e como foi isso?! Inicialmente fui reduzindo o carboidrato, cortando refrigerante, dispensando o açúcar, substituindo o óleo pelo azeite, bebendo mais água e repetindo para mim mesma que aquilo era para meu próprio bem.

Mas isso não era suficiente, decidi, então, procurar uma nutricionista, precisava comer saudável e correto. E foi assim que eu me tornei uma chef, chef da cozinha da minha casa. Eu adoro fazer isso hoje, amo cozinhar para mim e para as pessoas. Comida saudável, comida de verdade.

15181541_10205670622165429_418015849790407805_n

Lu

Um comentário em “Primeiro Capítulo Deixe um comentário

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish fr_CAFrançais du Canada es_ESEspañol pt_BRPortuguês do Brasil
%d blogueiros gostam disto: