Ir para conteúdo

Drenagem Linfática e seus benefícios

Oi gente,

17759974_1138759812902862_2795891251733266050_n

Já faz tempo que recebo elogios sobre o meu corpo e de como emagreci. Sempre me perguntam o que estou fazendo, qual é o meu segredo. E para desvendar esse “mistério”, hoje vou dividir a minha “arma secreta”: drenagem linfática.

Por não ser uma profissional da área, convidei a pessoa que cuida de mim e, de muitas outras amigas, para contar um pouco mais sobre essa técnica de massagem, minha massoterapeuta linda, Vera Lúcia!

captura-de-tela-2012-10-06-c3a0s-10-31-51

Se lembrar algo das aulas de biologia, já deve saber que o corpo humano é incrível. Ele tem mecanismos que auxiliam na eliminação de toxinas do nosso organismo. O sistema linfático é um deles. Além de ser responsável pelo controle de fluidos e das células de defesa do nosso corpo, também ajuda na eliminação de substâncias indesejáveis do nosso organismo, como aquela guloseima bem gostosa do fim de semana ou aquela cerveja da sexta feira depois do expediente. E quem faz todo esse processo de saída das impurezas do corpo? A linfa. Fluido encontrado no sistema linfático.

Mas se o nosso organismo já faz tudo isso, para que fazer drenagem linfática? Apesar de incrível, o nosso corpo limitações. Muitos alimentos industrializados contêm substâncias que o nosso sistema linfático não consegue eliminar com tanta facilidade, por isso aquele inchaço desagradável no dia seguinte. É aqui que a drenagem vem para salvar o dia!

drenagem-linfatica-manual-669x376

As técnicas de massagem funcionam como uma ajuda extra na eliminação dessas impurezas do nosso organismo. Além disso, ela ajuda a reduzir o inchaço causado pela TPM ou pela comilança de fim semana e na redução de celulite, e por incrível que pareça, relaxa a musculatura e não dói! É isso mesmo que você leu, não dói! Mas calma que logo explico essa parte. O mais importante é ir a um profissional capacitado que vai saber fazer a massagem para a sua necessidade.

modeladora

No meu caso, Vera utiliza duas técnicas: a dreno redutora e a modeladora. O ideal é fazer drenagem duas vezes por semana. Dessa forma, conseguimos aproveitar bem os benefícios da drenagem. Mas se não der, está tudo certo. Tente pelo menos uma vez por semana. Seu corpo agradece!

Um dia da semana faço a dreno redutora que é dividida em duas etapas. A primeira etapa consiste da abertura e varredura dos gânglios linfáticos e a segunda em manobras de massagem modeladora ou redutora. A primeira parte da drenagem é bem relaxante. Já a segunda parte, a massagem redutora, é bem intensa e rítmica. Afinal, ela está modelando, mesmo, o corpo. Alguns dias depois, faço 11116970_941678112549992_1968690633_n
apenas massagem modeladora, que funciona como uma manutenção da dreno redutora. Nesse dia, o foco é nas áreas que tenho mais queixa (abdômen e pernas). Por isso, a massagem é mais intensa e mais “pesada”. Tudo sem dor, e sem deixar roxo!

E se você sempre acreditou que drenagem era dolorido e deixava marcas, bem vinda ao clube! Aprendi com Vera que quando sentimos dor durante a massagem, a técnica não está sendo bem aplicada. Por isso, cuidado! Não acredite nesse papo furado que drenagem machuca e deixa marca.

Por fim, fazer drenagem é tão bom, que se deixassem, faria todos os dias. Além de ficar falando sobre seus benefícios para sempre… Mas como o tempo é curto, vou ter que deixar a continuação desse nosso papo para semana que vem! E se você estiver pensando em fazer drenagem linfática, se jogue! Tenho certeza que você vai amar!

img_0793

 

 

 

 

 

 

Nika

Um comentário em “Drenagem Linfática e seus benefícios Deixe um comentário

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish fr_CAFrançais du Canada es_ESEspañol pt_BRPortuguês do Brasil
%d blogueiros gostam disto: