Ir para conteúdo

Simples assim…

Outro dia, conversava com uma amiga sobre a simplicidade da vida. Ela acredita que a vida não é tão simples. Na realidade, um pouco muito complicada. Já eu, acredito que ela é muito simples. Nós, seres humanos, constantemente insatisfeitos, queremos simplicá-la ainda mais.  Temos uma vontade de querer que as coisas aconteçam exatamente da maneira que desejamos. Uma vontade de ter o poder de eliminar as coisas que não gostamos ou não queremos como se fossem peças descartáveis. “Ah! Não gostei! Vou jogar fora!” Não é bem assim que as coisas funcionam.

Viver realmente não é fácil. Porém, isso não quer dizer que seja complicado, como uma formula de física quântica de outro planeta. A vida nos mostra que, às vezes,  teremos momentos bons e outros não tão bons, mas que no final eles eram somente momentos e tudo passava. Ela também nos mostra que é importante aceitar as coisas como elas são. Ou melhor, não criar muitas expectativas. Se foi bom, legal. Se não foi bom, legal também. Olhando assim até parece fácil.

A vida é simples. Porém ela não é feita só de flores, muito menos só de espinhos. Ela é linda e merece ser vivida da melhor maneira que nós sabemos, ou achamos saber. Ela tem estações, tem fases. Cada momento merece ser respeitado e vivido como tem de ser. Ao invés de fingir que não está triste, se permita estar triste. Não somos de ferro. E quando estiver feliz, sinta toda essa felicidade ao máximo. Sorria e ria bastante. Nada melhor que uma boa risada depois de uma tempestade.

Aceite os momentos como eles são. Haverá momentos de medo, terror e pânico. Tente não entrar em desespero, eles passam. Mas somos humanos e imperfeitos. Não é tão fácil assim. Às vezes, damos importância a coisas que nem merecem tanta atenção,  fazemos tempestades em copo d’agua que poderiam ter sido evitadas. Está tudo bem, o importante é aprender a lição e seguir em frente. Depois do terror vem sempre a comedia e o romance. Não ignore esses momentos, eles merecem nossa total atenção. Afinal, esses momentos também passam.

E a vida segue assim, simples e passageira. Como as estações do ano, ela pode estar um pouco mais quente ou mais fria, mas nunca parada. Proponho um desafio. Vamos tentar aceitar os momentos e as fases de nossas vidas como elas são. Nem que seja por um breve momento. Vai ser difícil, vamos errar muito ou talvez nem tanto. O importante é aprender e perceber que a vida é simples e ela deve ser vivida da maneira mais bela que conhecemos, do nosso jeito!

 

Image-1
Bezo

 

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish fr_CAFrançais du Canada es_ESEspañol pt_BRPortuguês do Brasil
%d blogueiros gostam disto: