Ir para conteúdo

Tour de Café – Montreal

O tour de café está de volta. E daqui pra frente, nossos passeios serão em outro país, o Canadá. Para quem vem acompanhando as últimas postagens do blog e do Instagram, Eu (Nika) me mudei para Trois-Rivières, na província de Quebec. E como uma boa entusiasta cafeeira, resolvi explorar o mundo dos cafés especiais no Canadá.

IMG_1170Desde que cheguei, tenho percebido que o canadense realmente gosta de café. Fui em cafeterias onde as pessoas que manuseiam a máquina de café sabem extrair um “bom café”. Porém, acaba aí. Não posso chamar essas pessoas de baristas, pois elas não entendem muito do método e muito menos de café. E está tudo bem. A cultura do café especial ainda não chegou com força pelas bandas de cá.

Outra coisa que percebi é que a torra ainda não é muito o forte deles. Tanto no mercado quanto em algumas cafeterias, vejo uma grande variedade de “cafés gourmets”. Porém, na hora que eu vou provar o café… vem aquele sabor de torra queimada. Tudo bem, é errando que se aprende, não é mesmo.

Foi nesse errar e aprender que uma onda de cafeterias especializadas em cafés especiais começou a surgir. Nas minhas andanças por aqui, percebi que esses lugares são conhecidos como “Espresso bars”. Nessas cafeterias, encontrei baristas e cafés especiais mesmo. Inclusive, tem grão brasileiro do serrado mineiro por aqui hein!? E assim, depois de ter feito essa descoberta, pude começar o meu tour cafeinado.

O tour de hoje será em Montreal, já que aqui na minha cidade essa cultura do café especial ainda não chegou. Quem sabe um dia, não é mesmo?

pourquoi-pas-expresso-bar-3Nossa primeira parada será no primeiro Espresso bar (ou cafeteria) que conheci, o Pourqoi pas (Porque não? – em português). Essa cafeteria super aconchegante, fica na Rua Amherst com a Rua Sainte-Catherine, outra rua super importante de Montreal, mas esse papo fica para outro dia. Assim como as outras cafeterias que vou falar, ela é bem despretensiosa. Fica “meio escondida”, daquele jeito simples e quem passa rápido nem percebe que é uma cafeteria. Sim! Ouvi esses comentários de pessoas que levei lá para tomar café comigo.

E, por ironia do destino, o Pourquoi pas  fica em frente a uma padaria brasileira, a Padoca. Para mim, é a combinação perfeita. Um bom café com quitutes brasileiros. Alguém aqui discorda? E para os veganos de plantão, lá vocês encontram comidinhas e drinks veganos. Se morasse em Montreal, escolheria esse lugar como a minha casa para poder trabalhar todos os dias.

Subindo a rua Amherst encontramos a Sheerbooke street, que é uma das principais ruas de Montreal, pois corta a cidade de Leste a Oeste. Durante o período que fiquei na cidade, essa rua foi um dos meus principais pontos de referencia. E é subindo essa rua em direção a downtown Montreal que vamos encontrar a nossa próxima parada, o Pikolo Espresso bar.

pikolo-espresso-bar-montreal3O Pikolo fica na Avenue du Parc. Confesso que tive um pouco de dificuldade de reconhecer o local. Não tem nenhuma placa chamativa e fica em frente a uma loja de eletrônicos usados. Nunca que eu iria imaginar que na porta ao lado tinha uma cafeteria de cafés especiais. Ao contrario do Pourquois pas que tem uma proposta de “coworking”, com WiFi para as pessoas ficarem por lá para trabalhar, o Pikolo não oferece Wifi. Lá é um espaço para as pessoas de desconectarem um pouco no mundo virtual e se conectarem com o mundo real, acompanhado de um ótimo café, é claro

Por fim, pegamos a rua Sheerbrooke de novo até chegarmos a Rua McGill.  No nível do subsolo, vamos encontrar o Tunnel Espresso Bar. Eles se denominam “underground montreal coffee” (café de montreal debaixo da terra). Uma coisa importante de mencionar é que devido ao inverno muito rigoso aqui, no Canadá, tem muito comércio unnamed-3-1no subsolo. E o Tunnell fica em uma dessas passagens subterrâneas. Ai meu medo de andar debaixo da terra…

Bem diferente dos dois primeiros cafés, esse espresso bar tem a proposta de grab-and-go (pegar e sair). Não tem espaço para sentar, e nem tem mesinha direito. Como é uma passagem de túnel, nada mais natural. Apesar de diferente, achei uma excelente ideia a localização. Afinal, nada melhor que começar o dia com um bom café para dar aquele abraço gostoso e quentinho.

Por enquanto, esses são os cafés que eu conheci. Espero trazer mais opções e mais novidades sobre o mundo cafeeiro daqui do hemisfério norte. E se você está por essas bandas de cá, me indica alguma cafeteria legal para conhecer.

 

 

 

Image-1
Bezo!

 

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish fr_CAFrançais du Canada es_ESEspañol pt_BRPortuguês do Brasil
%d blogueiros gostam disto: