Ir para conteúdo

Por quê não?

Vira e mexe converso com alguém sobre objetivos e sonhos. Durante todas essas conversas, sempre aparece aquela velha pergunta “mas por que você está fazendo isso?” Antigamente, eu teria respondido com todos os meus porquês. Porém, uma amiga muito querida me ensinou a olhar para essa pergunta com outros olhos. Ao invés de responder com os motivos que me levam a fazer isso ou aquilo, a primeira coisa que falo é “Por quê não? Não tem nada que me impeça de fazê-lo.”

Muitas vezes procuramos motivos para deixar de seguir os nossos sonhos. É como se procurássemos motivos para nos sabotar. Eu já fui mestre nessa arte de auto sabotagem. Tinha muito receio das coisas darem errado, ou até mesmo de tentar dar o primeiro passo na direção daquilo que queria. E se me julgassem? E se eu fosse rejeitada? Delsmelivre! Ainda bem que tudo passa. Hoje em dia, aceito e recebo todas as oportunidades que a vida me dá. Se não tenho um motivo para não fazer, e vai me ajudar a crescer, vou lá e faço. Por que não? O máximo que vai acontecer é dar errado. Se der errado, eu volto. Tento de novo ou faço outra coisa.

É claro que nem sempre é fácil. Muitas vezes nossa família e até mesmo nossos amigos vão dizer: “Não faça!”, “não vai!” ou “você não consegue.” Quem nunca tentou começar uma dieta ou mudar de área e ouviu um “você não vai conseguir. Você é isso ou aquilo. Aceita que dói menos”? Escuto quase todos os dias. Eu continuo sendo louca e viajando pelo mundo sozinha. Porém, estou muito feliz com o caminho que escolhi. Às vezes é preciso um pouco de loucura e coragem para ir atrás daquilo que queremos. Não deixe os outros sabotarem, mesmo que inconscientemente, os seus sonhos.

Quando escutar todos esses “nãos” e desencorajamentos, se pergunte o quanto você quer realizar esse sonho. Será que é só uma vontade ou é desejo que vem lá do fundo da alma? Será que você fica frustrado quando pensa na possibilidade de não chegar a esse objetivo? É algo importante que vai mudar a sua vida? Você está fazendo por você ou pelos outros?  Tem algo que te impeça de ir em frente? Se não nada te impede, se joga! Vá ser feliz!

Nem sempre teremos o apoio daqueles que nos rodeiam. Muitas vezes, é preciso seguir “sozinho”. É necessário ser aquela louca com jeito de corajosa que vai atrás do que quer. Nem sempre é fácil. Dá medo, é normal. É uma jornada recheada de tombos, choros e algumas feridas. Porém, aprendemos o verdadeiro sentido de amor próprio. E não há nada melhor do que amar a própria companhia. Além disso, é melhor tentar ser feliz do que passar a vida inteira arrependida por não ter tentado. Todos nós merecemos a felicidade!

Portanto, da próxima vez que alguém te perguntar por quê você quer mudar a cor do seu cabelo ou aprender um novo idioma, responda: ”por que não?” Pinte o cabelo de azul ou de roxo. Vá aprender mandarim ou o idioma que você quiser. Que tal abrir aquele negócio que você sempre quis? Ou então fazer aquele curso que você sempre sonhou? Já pensou se dá certo? Se jogue! Por que não ser feliz?

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish fr_CAFrançais du Canada es_ESEspañol pt_BRPortuguês do Brasil
%d blogueiros gostam disto: