Ir para conteúdo

Eu mereço

Certa vez, minha psicóloga me disse: emagrecer é fácil, difícil é se manter magro. Eu acredito que é “mais ou menos” a mesma coisa quando recebemos alta da terapia. O tempo que estive na terapia não foi fácil. Porém, eu tinha a certeza que toda semana iria encontrar a minha psicóloga. Às vezes para receber broncas, outras para receber uma luz. Acima de tudo, eu tinha aquele apoio constante. Depois da alta, o verdadeiro desafio tem sido aprender a andar com as próprias pernas todos os dias, ou me manter “magra”.

Depois de ter superado a depressão, venho aprendendo a lutar contra o monstrinho da ansiedade e os pensamentos negativos que me colocam para baixo. Não é novidade que eu vivo em uma constante corrida. Estou sempre querendo correr. Entretanto, de uns tempos para cá, estou aprendendo a andar e deixar as corridas para as épocas que preciso correr. Até porque, correr todo dia faz mal para o corpo. Mas se o meu problema fosse só correr, as coisas seriam um pouco mais simples. Como minha mãe e minhas amigas falam, eu não consigo fazer nada fácil. Nos últimos tempos, um dos meus maiores desafios tem sido aceitar que sou merecedora de ser feliz, ser amada e de ter tudo que eu conquistei até hoje. Parece meio louco , né?? Mas é uma das maiores verdades que eu vou te contar por aqui.

Entendo que parece um pouco surreal. Logo eu, a pessoa que fala para todos “você merece ser feliz. Todos nós merecemos a felicidade.” Dentro da minha cabecinha a realidade é um pouco diferente. Uma luta constante entre mim e eu mesma. Eu quero que todas sejam felizes. Contudo, esqueço que também mereço um pouco dessa felicidade e amor que tanto falo. 

Não pense que não sou muito grata por tudo aquilo que conquistei. Acredite, eu sou! Mas na maioria das vezes, me sinto uma impostora ou que não mereço aquela conquista. Há momentos que digo a mim mesma “não fiz mais que a minha obrigação” ou “mas fulano também é muito bom.” Tenho dificuldade em absorver os elogios, e mal consigo aproveitar meus momentos de conquista. Se você também passa por isso, saiba que você não está sozinho. 

Agradeço a todos os meus amigos e familiares que me apoiam. São eles que me lembram todos os dias que eu mereço ser amada, ser feliz, ser bem-sucedida e tudo mais. Eu sempre esqueço disso. Sempre penso que não sou boa o suficiente, inteligente o suficiente, bonita o suficiente e por aí vai. Aquele nó de perfeccionismo com desmerecimento que só o tempo e muito amor-próprio podem desatar.

Se você está passando por isso, saiba que não é fácil mudar um modo de pensar que ficou grudado na cabeça por tanto tempo. Não é fácil deixar de acreditar em algo que você considerou ser verdade durante tantos anos. Eu tenho os meus dias, e as minhas fases. Acredito que você também. Eu sei que uma hora eu chego lá. Você também vai chegar. Diga a si mesmo todos os que você merece ser feliz e ser amado. Diga a si mesmo que você é lind@. Não deixe ninguém falar o contrário, rodeie-se daqueles que te colocam para cima. Uma hora as coisas se encaixam…

Um comentário em “Eu mereço Deixe um comentário

  1. Nós merecemos ser felizes; nascemos para isso! Involuntariamente, ou não, acontece de não olharmos para a nossa identidade, e então a nossa visão se turva, mas, ainda que não tenhamos ânimo para crer que merecemos o troféu da alegria, que nos lembremos para quê Deus nos criou! Vc é top, Nika! 💜

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish fr_CAFrançais du Canada es_ESEspañol pt_BRPortuguês do Brasil
%d blogueiros gostam disto: