Ir para conteúdo

Está na hora

Está na hora. 

Está na hora de parar de te guardar dentro de uma caixinha, e falar para o mundo a pessoa maravilhosa que você foi. Dezesseis anos é tempo o suficiente para se guardar um tesouro como você. Está na hora de te deixar ir e entender que você não vai mais voltar. E tá tudo bem! A vida tem dessas coisas mesmo. Algumas pessoas descem do trem mais cedo, outra mais tarde. E você foi mais cedo, né?

Você foi e sempre será o meu guardião, meu protetor, e meu amô. Acima de tudo, você foi e sempre será o meu irmão! Eu sinto tanto a sua falta. Acho que foi por isso que te guardei dentro de mim por tanto tempo…

Você era a luz do meu dia e de todos que estavam ao seu redor! Você era e continua sendo o meu exemplo de irmão e de pessoa. Você foi um cara tão incrível que eu falava para mim mesma: “Quando eu crescer, eu quero ser um terço do ser humano maravilhoso que o Jorginho foi.” Hoje eu aprendi que só preciso ser eu mesma e fazer o bem que vai dar tudo certo. 

Queria que você estivesse aqui… Só para você me proteger, me abraçar e para, de vez em sempre, brigar comigo. Queria que você estivesse aqui para a gente viver pelo menos metade daquilo que planejamos fazer juntos. Mas já que você teve que ir mais cedo, estou tentando viver parte desse nosso sonho.  

Queria poder ouvir a sua risada gostosa e ver o seu sorriso lindo. A mami fala que eu tenho a sua risada, seu jeito e até os mesmos gostos. Ela não consegue entender como somos tão parecidos. Mas não é a mesma coisa. Com você, tudo era mais engraçado. 

Hoje em dia você já seria um quarentão. Eu tenho certeza que seria o 40 mais legal do mundo. Aquele tiozão que seria bem diferentão e super gente boa. Talvez, até seria pai. Quem sabe, não é mesmo? Eu sou quase uma trintona. Você não chegou até os 30. Mas, eu prometo que vou aproveitar bastante essa nova década por nós dois. Ai irmão… Que saudade de você. 

Por muito tempo eu não consegui falar o seu nome. Até hoje eu tenho um bloqueio na hora de pronunciá-lo. Me refiro a você como, “o meu irmão”. Ainda tenho muita dificuldade em falar de você sem derramar uma lágrima. Você deixou um buraco no meu coração e no de muita gente. Me deixou aqui sem você… Só queria que você tivesse ficado um pouco mais…. Mas tudo bem, cada um tem seu tempo aqui na terra. 

Durante esse tempo, me enganei acreditando que havia te deixado ir. Fiquei te guardando durante tanto tempo que nem percebia o quanto o meu coração chamava por ti. É que eu passei muito tempo achando que tudo não passava de um sonho ruim e que um dia você voltaria para casa. Até que eu finalmente consegui entender que você foi para casa. Você cumpriu a sua missão aqui na terra. Agora você está cumprindo sua missão aí no lado espiritual, ao lado de Deus.

Eu te amo tanto e sempre vou te amar. Aqui ou na espiritualidade, seremos irmãos para sempre. Espero que você esteja orgulhoso de mim. Fica em Paz, Jorginho. Agora eu consigo andar sozinha. A magrela cresceu!

2 comentários em “Está na hora Deixe um comentário

  1. Que lindo….! 😥🥺 História tão parecida com a minha. Minha irmã tinha uma gargalhada única, era mais velha. Foi para casa também, antes dos 30. Saudade…

    Sigamos em frente… 👣💗

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish fr_CAFrançais du Canada es_ESEspañol pt_BRPortuguês do Brasil
%d blogueiros gostam disto: