Ir para conteúdo

Como aprender um novo idioma

Em tempos de corona vírus, todos nós precisamos ficar em casa. Se você é hiperativo como eu, ficar dentro de casa sem fazer nada é complicado. Para ocupar a mente, estou aproveitando este tempo para botar as leituras em dia e estudar um pouco. E, foi aí que eu me lembrei que havia prometido dar dicas para aprender novos idiomas. Portanto, se você está enrolando para aprender um novo idioma ou quer voltar a estudar, cola comigo que é sucesso!

Se você chegou por aqui agora e não está levando muita fé, saiba que dou aula há uns 10 anos. Eu comecei sendo monitora de matemática e espanhol na minha faculdade nos EUA. Um belo dia fui selecionada para dar aulas particulares para crianças e adolescente e nunca mais parei. Hoje em dia, dou aula de inglês para adultos e treinos de vôlei para crianças e adolescentes. Eu acredito que não fui eu que escolhi ser professora. Foi a profissão que me escolheu.

Para mim, não há nada mais bonito do que ver o brilho nos olhos dos meus alunos quando eles aprendem algo.Além disso, eu já passei por uns maus bocados com professores em sala de aula. Por isso, eu procuro ser a professora e técnica que eu gostaria de ter.

Acredito que aprender precisa ser divertido e é isso que tento fazer com meus alunos.

Aprender fica muito mais fácil quando nós gostamos do assunto. Eu sempre falo para os meus alunos: “A nossa aula será colaborativa.” Explico a eles que a melhor maneira de aprender um idioma é quando conseguimos aplicar aquele conhecimento no nosso dia a dia. Ou seja, gosto que meus alunos compartilhem comigo seus interesses, objetivos, hobbies. Assim, posso ajudá-los a buscar as melhores maneiras para aprender inglês ou para aperfeiçoar algum movimento de vôlei. Afinal, cada pessoa aprende de um jeito diferente.

E agora? Bom, agora é a hora que 99% dos meus alunos ficam com raiva de mim. Imersão. Mergulhar de cabeça mesmo!

Para quem quer começar e não sabe nada, eu sempre recomendo assistir a filmes e séries no idioma que você quer aprender.

Porém, SEM LEGENDA! Isso mesmo que vocês leu. 99% dos meus alunos reclamam da dificuldade de entender sem a legenda. Mas na vida real não tem legenda. Quando você está em um país onde o idioma não é o português, você vai precisar juntar a meia dúzia de palavras que você conseguiu entender e pegar a ideia da conversa. Depois, você vai ter que juntar a meia dúzia de palavras que você sabe e tentar se comunicar.

Além disso, eu sempre recomendo o uso de aplicativos como o Duolingo. Ele oferece diversos idiomas e você pode estabelecer metas diárias. Essas metas variam entre 5 minutos até 30 minutos por dia. Eu usei o Duolingo durante um bom tempo. Na época, eu estava querendo aprender francês e alemão, e aprimorar o meu espanhol. Mas se você não gosta do Duolingo, existem muitos outros como o Babbel e o HelloTalk.

Se você quer melhorar o vocabulário, você vai precisar ler.

Se você não gosta de ler, sinto muito! A melhor maneira de aprimorar o vocabulário e a escrita é através da leitura. Por isso, aceita que dói menos. Mas antes de brigar comigo e se descabelar, saiba que a leitura precisa ser leve e agradável. Não estou pedindo para você ler um livro de Shakespeare ou artigo científico. Mas se for o que você gosta, não tem problema. A ideia é que você escolha temas que te interessem. Eu gosto de todo tipo de livro. Mas se você gosta de ler revistas, blogs, quadrinhos, tá valendo também. A idéia é começar a ler.

Mas se você já faz tudo isso e quer aprender a falar e escrever, o jeito é praticar.

Para quem quer melhorar a conversação, a primeira coisa que você precisa fazer é: perca o medo de errar.

Quando cheguei aqui no Québec, eu morria de medo de abrir a boca para falar francês. Eu morria de medo de errar. Mas aí tive que aplicar o meu próprio conselho. Ninguém nasce sabendo. E, é errando que se aprende. Por isso, SIJOGUEM. Procurem grupos de conversação. Nos primeiros dois meses de aula, eu quase não corrijo meus alunos. Deixo todo mundo falar “errado” sem inventar nenhuma palavra obviamente. Eu quero que todos eles se sintam a vontade com a língua. Eu sei que a maioria deles já viu inglês alguma vez na vida. Depois que eles adquirem confiança, eu começo a fazer os ajustes necessários.

Para quem quer melhorar a escrita, comece resumindo um filme que você assistiu ou escrevendo sobre o seu dia.

Não use o Google tradutor. Escreva sem medo. Depois, você pode usar um aplicativo para corrigir os seus erros. Para o inglês, existe um aplicativo muito legal chamado Grammarly. Ele corrige os seus textos em inglês e dá dicas de como melhora-los. Se você não vai escrever artigos científicos, nem trabalhar em uma empresa onde o idioma seja o inglês, use a versão grátis!

Espero que essas dicas ajudem a você começar. Até próxima!

Um comentário em “Como aprender um novo idioma Deixe um comentário

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish fr_CAFrançais du Canada es_ESEspañol pt_BRPortuguês do Brasil
%d blogueiros gostam disto: