Ir para conteúdo

Você não está só!

Meditar para mim foi algo que mudou a minha vida. Como já falei por aqui, eu gosto muito de meditar pela manhã. A cada meditação tem uma experiência diferente, uma sensação distinta. Mas essa semana aconteceu algo especial. Por este motivo, gostaria de compartilhar a experiência peculiar que vivenciei durante uma das minhas meditações. 

Durante as minhas meditações, eu gosto de me visualizar em lugar de paz e conforto. E na maioria das vezes, eu sempre vou para a praia. Afinal, é perto do mar que eu me sinto bem. É quando eu escuto o barulho das ondas e sinto a brisa do mar que o meu coração encontra a paz. Dessa vez, não foi diferente. Mais uma vez, estava na praia. Entretanto, dessa vez tinha um pequeno detalhe. Eu não conseguia me ver com o meu vestido branco e as minhas flores.

Eu me via suja e com farrapos. A minha aparência era de cansaço e de derrota. Era como se eu estivesse chegado de uma guerra.

Eu não tinha forças para seguir em frente, nem energia para continuar caminhando. Essa imagem era a representação de como eu me venho me sentindo. Cansada, perdida e sem forças para seguir em frente. Mas foi nesse momento que algo inusitado aconteceu comigo. Alguém apareceu e me pegou pelos braços.

Eu vi Jesus me carregando no colo. Apesar de estar meditando, eu senti que aquilo realmente estava acontecendo. Eu sempre ouvi pastores no YouTube, padres nas missas e até mesmo palestrantes no centro que eu trabalho falarem sobre Jesus carregar no colo àqueles que não possuem mais forças de caminhar. Porém, eu nunca imaginei que um dia isso fosse acontecer comigo. Logo eu, imperfeita, e cheia de coisas para melhorar.

Independentemente disso, eu me senti acolhida. Me senti segura.

Essa pandemia tem causado várias reviravoltas na vida de todos. Por isso, muitos de nossos projetos são adiados ou cancelados. Sem falar na parte emocional que vem afetando a todos nós. Com tantos altos e baixos, eu cheguei em um ponto de exaustação e frustração. Estava cansada de nadar, nadar e nunca chegar. Eu queria desistir e jogar tudo para o alto. Mas Deus não permitiu que isso acontecesse e veio ao meu socorro.

Afinal, por quê eu estou compartilhando isso? Quero que tenha a certeza que você não está só. Eu não sei qual é a sua crença. Muito menos, se você acredita em alguma coisa. Mas seja lá o que for, não desista. Eu sei que as coisas não estão fáceis. Sei que cansa ficar nadando por tanto tempo, enfrentando tempestades sem saber quando tudo vai passar. Isso vai passar. Vai ficar tudo bem.

Por fim, quando se sentir cansado a ponto de querer jogar tudo para o alto, peça ajuda. Não importa com quem você quer falar, ou como você vai buscar essa ajuda. Só peça. Eu gosto de escrever, meditar, falar com alguém ou fazer terapia. Você não está só. Peça ajuda que a ajuda virá.

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish fr_CAFrançais du Canada es_ESEspañol pt_BRPortuguês do Brasil
%d blogueiros gostam disto: