Skip to content

Desatando a Mente

Oi gente,

Muitos de vocês tem acompanhado nas redes sociais o meu emagrecimento. Confesso que, ao longo desse processo, tive muitos altos e baixos. Houveram momentos que queria muito seguir treinando e fazendo dieta, mas, também, houve momentos que minha motivação estava lá embaixo. Coisas do ser humano… E, nessa montanha russa de emoções, IMG_4206descobri que além de querer ser magra, também queria ser saudável! E acima de tudo, ser feliz e amar a pessoa que via todos os dias na frente do espelho, eu mesma!

As dores na coluna e nos joelhos, que me incomodavam no passado, estavam querendo voltar. Os exames médicos, também, apontavam falta de tudo, só o cortisol que estava um pouco alto. Alguém falou em estresse por aí? Era um recado do meu próprio corpo: “se você ainda quiser continuar fazendo tudo o que faz, precisa se cuidar!” E quando seu corpo reclama, é melhor ouvir.

Não comia besteiras em excesso, mas eu fazia a “dieta da minha cabeça”. Às vezes comia certo, às vezes comia muito pouco, e por último, comia em excesso com aquela velha ideia: “Ah! Amanhã eu queimo tudo!” Ou seja, estava completamente perdida. Por um momento era como se eu tivesse desaprendido tudo aquilo que todos os nutricionistas que passaram pela minha vida me ensinaram… Se vocês estiverem lendo esse texto, por favor, me perdoem. Às vezes, a gente acha que aprendeu e que tem tudo sob controle… Nem sempre, não é?

IMG_4208
Michelle Hannesch, Eu & Ana Tranqueira

E nesses encontros MEB que tanto frequento, acabei conhecendo a nutricionista Ana Paula Tranqueira e o seu projeto Desata. Para quem ainda não conhece o projeto, cola comigo que é sucesso! A ideia principal do projeto é desatar o nó que nós temos com a comida e com a gente, seja na visão que temos de nós mesmos ou em relação aos nossos objetivos. E por incrível que pareça, todas essas questões internas afetam os nossos hábitos alimentares. Dura 12 semanas de duração do projeto, nós aprendemos a nos entender. Descobrimos o que realmente precisamos e o que desejamos alcançar. Além de aprender a comer, obviamente…

IMG_4205Nunca saí chorando do consultório de um nutricionista, mas a Ana Paula me fez chorar. Ela mexeu com muitas coisas que eu, simplesmente, não queria assumir ou acreditava que já havia resolvido. Muitas vezes, o meu subconsciente falava “eu não consigo!” E isso acabava me desmotivando, e diminuindo a confiança que muitos acham que eu tenho. Acreditem se quiser, a Mulher Maravilha também tem fraquezas… Muito Obrigada Nutri!

E para quem não sabe, o Desata tem uma equipe de profissionais incríveis! Um post não é o suficiente para falar desse time tão fantástico. Calma que outro dia eu conto! Se a Ana Paula já é uma querida, a Dra. Marilia que é psicóloga e a Dra. Carolina Meireles, endocrinologista, são tão queridas quanto. Até o momento, só me consultei com a Dra. Carolina. Assim como Ana Paula, ela me deu um IMG_4204senhor puxão de orelha, e está ajudando a colocar a minha saúde em dia! Muito obrigada por ser tão atenciosa! E sobre a Marilia, ainda não me consultei com ela, mas fiquei sabendo que puxões de orelha não faltam durante as sessões. Mas é aquela bronca de quem se preocupa com o nosso bem-estar.

Poderia ficar falando por horas sobre o meu progresso e quanto estou amando fazer parte desse projeto! Mas deixa isso para um outro dia… Quero encerrar este post dizendo que se você, assim como eu, está nesse processo de emagrecimento, entenda que, antes de mais nada, é preciso ter calma. “Se você acordasse hoje com o peso que você deseja, você conseguiria mante-lo?”

 

Bezo!

Laisser un commentaire

fr_CAFrançais du Canada
%d blogueueurs aiment cette page :